Início seta Vídeo Registro seta 16/04/2013 - O Brasil e a América Latina na nova geopoítica mundial
16/04/2013 - O Brasil e a América Latina na nova geopoítica mundial
Escrito por CoordCOM - UFRJ   
Observatório das Metrópoles analisa política na América Latina

O Observatório das Metrópoles promove o segundo encontro do ciclo de debates “Metrópole, Estado e Capital” no dia 16 de abril, com o objetivo de interpretar as transformações vividas pelas metrópoles brasileiras no século XXI. Sob o tema “O Brasil e a América Latina na nova geopolítica mundial”, o professor Carlos Eduardo Martins analisa os efeitos do projeto neoliberal na América Latina – aprofundamento da condição periférica, aumento da pobreza, entre outros – e as novas forças sociais e políticas que surgiram capazes de promover a integração regional latino-americana. O debate será transmitido ao vivo pela webTV UFRJ.

O ciclo de debates “Metrópole, Estado e Capital: o urbano na atual etapa da ordem capitalista no Brasil. Mudanças? Fundamentos teóricos" é mais uma das ações que o Observatório das Metrópoles vem realizando em 2013 a fim de produzir um estudo comparativo sobre as 15 principais regiões metropolitanas do país, relacionando as mudanças econômicas, sociais e políticas às dinâmicas urbanas nacionais, regionais e locais. Vinculado ao Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), o projeto tem como objetivo oferecer uma análise mais completa sobre a evolução urbana brasileira, servindo assim de subsídio para a elaboração de políticas públicas nas grandes cidades e para o debate sobre o papel metropolitano no desenvolvimento nacional.

O primeiro debate do ciclo “Metrópole, Estado e Capital” contou com a participação do professor Carlos Eduardo Martins, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP) e professor adjunto e chefe do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e um dos coordenadores da “Latinoamericana: Enciclopédia contemporânea da América Latina e do Caribe” (Prêmio Jabuti de Livro do Ano de Não Ficção em 2007); e co-organizador de “A América Latina e os desafios da globalização” (2009). Em 2011, publicou “Globalização, dependência e neoliberalismo na América Latina” no qual cumpre a difícil tarefa de atualizar as teorias sobre esses três conceitos-chave para o pensamento contemporâneo e a compreensão das sociedades, sobretudo as periféricas.

E é com o propósito de compartilhar as ideias do livro “Globalização, dependência e neoliberalismo” que Carlos Eduardo Martins participa mais uma vez do ciclo de debates do Observatório das Metrópoles. No segundo encontro com data marcada para o dia 16 de abril de 2013, no auditório da FAU/UFRJ, Martins vai tratar dos novos padrões de desenvolvimento da América Latina em um contexto de dependência no sistema mundial. Quais as oportunidades para os países de região no rearranjo das forças políticas-econômicas internacionais no atual contexto do neoliberalismo? E qual o papel das metrópoles latino-americanas diante dessa questão?

O debate foi transmitido ao vivo pela webTV/UFRJ. A parceria proposta pelo INCT Observatório das Metrópoles com a Coordenadoria de Comunicação da UFRJ é mais uma ação com foco na produção de conhecimento em rede, superando fronteiras inter e intra universitárias, disciplinares, das políticas setoriais e regionais a fim de promover o debate de ideias para a construção de um pensamento metropolitano. “A transmissão ao vivo possibilitará a participação de todos os nossos pesquisadores, presentes em 15 metrópoles brasileiras; eles poderão acompanhar o debate teórico e ajudar na construção interpretativa deste momento histórico que vive o Brasil”, explica o professor Luiz Cesar Ribeiro.

 

 

Av. Pedro Calmon, nº 500 - Prédio da Reitoria - Térreo
Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - CEP 21941-901
Telefone: 2598-1621 - 2598-1894

Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
Resolução mínima (recomendada): 800x600px